RECONSTRUÇÃO E RESILIÊNCIA PÓS CICLONE IDAI

De janeiro a março de 2019, Moçambique foi atingindo por fortes chuvas, ventos e inundações nas regiões centro e norte do país, mais especificamente nas bacias do Zambeze, Licungo e rio Chire, com repercussões económicas e sociais graves, resultando em um aumento na vulnerabilidade e danificando seriamente infraestruturas sociais e productivas das zonas afectadas.

Cerca de 30.000 casas, 2.362 salas de aulas e 17 unidades de saúde foram danificadas, algumas de forma parcial e outras completamente destruídas.

O Conselho Municipal da Beira criou o plano de “Recuperação e Resiliência pós ciclone idai” financiado pela embaixada da Holanda, no âmbito de implementação do projecto a SDUBeira foi selecionada como entidade implementadora dos projectos de reconstrução das infraestruturas municipais, especificamente os edifícios das sedes dos bairros e os postos administrativos. Tendo as seguintes responsabilidades:

  • Inventário e levantamento das condições das infraestruturas municipais danificadas no município da Beira
  • Preparação de concursos para a contratação de empreiteiros e consultores necessárias para a implementação dos programas referenciados no plano “Reconstrução e Resiliência pós Idai”
  • programação e implementação de políticas de reabilitação e resiliência dos edifícios;
  • elaboração de relatórios de progresso e conclusão das obras em questão.

REABILITAÇÃO DAS SEDES DOS BAIRROS

De Fevereiro de 2020 a Dezembro de 2020 foram realizados trabalhos de reabilitação de 20 Sedes dos principais bairros e postos administrativos da cidade da Beira, nomeadamente: Macuti, Chipangara, Chota, Maraza, Nhaconjo, Manga Mascarenha, Manga Loforte, Ndunda, Chingussura, Massane, Mungassa, Matadouro, Inhamizua, CDC, Alto da Manga, Munhava, Ponta-Gêa, Pioneiros, Esturro, Matacuane.

Os trabalhos de reabilitação consistiram em fazer: revestimento de tectos, novas pinturas, guarnecimento de vãos de vidro, revisão da instalação elétrica, rede de drenagem e esgoto, instalações sanitárias, pavimentação, passeio envolvente, rede de abastecimento de agua e reforço de partes estruturais consoante a necessidade de modo a deixar as infraestruturas mais resistentes. Abaixo algumas imagens do resultado final dos trabalhos executados.